Home > DESTAQUES > ‘Verão Sem Mosquito’: prefeitura inicia plano de combate ao Aedes aegypti

‘Verão Sem Mosquito’: prefeitura inicia plano de combate ao Aedes aegypti

A partir da próxima quarta-feira (6) até o mês de fevereiro de 2022, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS), realizará o plano ‘Verão Sem Mosquito’ para intensificar o trabalho preventivo de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikugunya na estação mais quente do ano.

A mobilização chega no período de intensificação de circulação de visitantes à capital baiana. Mais 1.500 Agentes de Combate às Endemias vão promover uma série de medidas nas áreas mais afetadas e já monitoradas pela pasta por focos de mosquitos na cidade.

“Esse é o momento do ano em que é mais propício tanto para o desenvolvimento mais rápido do mosquito quanto para a transmissão mais rápida da doença, que é o favorecimento desse clima de sol com chuvas espaçadas. O objetivo é deixar o ambiente na melhor condição possível para erradicar os focos de Aedes”, explica Isolina Miguez, coordenadora do CCZ.

As atividades diárias seguem o cronograma normal atendendo os chamados da população. Para solicitar os serviços prestados pelo CCZ, o munícipe deverá entrar em contato por meio do telefone 156 (Fala Salvador).

Programação
Entre as ações do plano estão os mutirões em área de alto risco; colocação de Ovitrampas e armadilhas em imóveis e repartições; inspeções; aplicação de inseticida e larvicida em locais públicos e privados; entrega de capas para tanques e tonéis; levantamento de bueiros; fiscalização em hotéis e circuitos de festas populares, entre outros. A Semana de Mobilização está prevista para o início de dezembro.

Na próxima quarta (06) e quinta (07) a abertura dos trabalhos acontecerá no bairro de Pernambués em parceria com a Limpurb em Mutirão Participativo em áreas de alto risco para arboviroses.

Dados
Entre janeiro e setembro de 2021, Salvador registrou 578 casos de dengue, 327 ocorrências de chikugunya e 53 notificações para zika. Se comparado com o mesmo período do ano passado, houve uma redução de 94% para dengue, 97% de chikugunya e 94% de zika dos casos em todas as doenças.

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Defensorias questionam à Prefeitura exigência de documentos para vacinação infantil

A Defensoria Pública da União e a Defensoria Pública do Estado solicitaram da Prefeitura de Salvador e da Secretaria Municipal ...