Home > DESTAQUES > Programa CredSalvador, que altera metas fiscais, é aprovado pela Câmara

Programa CredSalvador, que altera metas fiscais, é aprovado pela Câmara

O Projeto de Lei 137/21, que institui o Programa CredSalvador e cria o Fundo de Crédito Emergencial do Município, no contexto das medidas para o enfrentamento econômico da pandemia da Covid-19, foi aprovado nesta terça-feira (4) pela Câmara Municipal de Salvador. A 15ª Sessão Ordinária da 19ª Legislatura, aprovou outros dois projetos de lei do Executivo e diversas matérias de vereadores.

Ainda na sessão semipresencial conduzida pelo presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (MDB), por meio de videoconferência a partir do Plenário Cosme de Farias, os parlamentares soteropolitanos aprovaram o Projeto de Lei nº 135/21, que altera o Anexo de Metas Fiscais – Estimativa e Compensação da Renúncia de Receita para o Exercício de 2021, da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Também aprovaram o Projeto de Lei nº 123/21, que prorroga o abono mensal dos Agentes de Suporte Operacional e Administrativo, na área de qualificação de Suporte de Serviços de Copa e Cozinha e Profissionais de Atendimento Integrado na Área de Qualificação de Médico, com carga horária de 20 horas semanais.

O PL nº 137/21 e o PL nº 135/21 foram debatidos pelos vereadores, na semana passada, em reunião semipresencial com os secretários municipais Thiago Dantas (de Gestão), Mila Paes (de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda) e Giovanna Guiotti (da Fazenda). Os secretários foram à Câmara esclarecer os projetos do Executivo e tirar dúvidas dos parlamentares. Durante a votação, o PL nº 137 ganhou três emendas da bancada de oposição.

Ainda na sessão ordinária, foi mantido o Veto Parcial nº 01/21 ao Projeto de Lei nº 236/2020. Na apreciação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o veto que sobrestava a pauta recebeu voto contrário do vereador Edvaldo Brito (PSD).

Os vereadores também aprovaram o PL nº 241/19, de autoria de Sidninho (Podemos); o PL nº 150/18, de Duda Sanches (DEM); e o PL nº 118/20, do presidente Geraldo Júnior. A matéria de Sidninho institui a obrigatoriedade de incluir identificação visível com o número na frota dos veículos automotores da Prefeitura Municipal de Salvador.

O projeto do vereador Duda Sanches institui o Alvará Virtual Temporário no município de Salvador. A proposição do presidente Geraldo Júnior dispõe sobre a instalação de kits de placa de proteção para os cobradores e motoristas de transporte público de ônibus, incluindo o Subsistema de Transporte Especial Complementar (STEC), popularmente conhecido como os “amarelinhos”. A Câmara também aprovou resoluções, indicações, moções e requerimentos de autoria de vereadores e que estavam na pauta acordada da Ordem do Dia.

Ainda durante a sessão ordinária, os vereadores debateram temas variados durante o Pinga-Fogo e no tempo que é dedicado aos partidos. Destaque para a questão do retorno às aulas presenciais na rede de ensino de Salvador e para a evolução da vacinação contra a Covid-19. Também fizeram um minuto de silêncio em razão da morte de Graça Violland, mãe do ministro da Cidadania, João Roma. Ela morreu nesta terça-feira (4), vítima de câncer, no Recife/PE.

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Defensorias questionam à Prefeitura exigência de documentos para vacinação infantil

A Defensoria Pública da União e a Defensoria Pública do Estado solicitaram da Prefeitura de Salvador e da Secretaria Municipal ...