Home > DESTAQUES > Por muito menos Collor renunciou e Dilma foi cassada, diz Otto sobre impeachment de Bolsonaro

Por muito menos Collor renunciou e Dilma foi cassada, diz Otto sobre impeachment de Bolsonaro

O impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é algo possível para o senador Otto Alencar (PSD). Em entrevista para o Uol nesta terça-feira, o parlamentar baiano acredita que não faltam elementos para a cassação do mandato do presidente.

Para Otto, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, da qual é membro, já tem provas suficientes para apontar crimes cometidos pelo mandatário na condução do combate à pandemia.

“O relatório do senador Renan Calheiros vai ser apreciado. Nós já temos crimes sanitários contra o povo brasileiro, contra a humanidade e o mais grave de tudo foi o gabinete paralelo ter induzido a população da Manaus à imunidade de rebanho. Foi em Manus onde a doença foi mais letal chegando a quase 3% [de letalidade] dos casos. Isso é um crime”, disparou Otto.

“Além disso, tem a omissão na compra de vacina, ter colocado no site do Ministério da Saúde receitando hidroxicloroquina […] vamos encaminhar o relatório final para o Supremo e para a Corte de Haia sobre toda a questão do crime sanitário e contra a humanidade que atingiu inclusive os povos indígenas”, completou.

 

Diante de todos os elementos já colhidos pela Comissão, agravados pela suspeita de irregularidade na tentativa de compra da Covaxin, o senador jogou no colo da Câmara dos Deputados a possibilidade de impeachment de Bolsonaro.

“Depois de colher todos os elementos de prova, não tenho dúvida de que ficará comprovada a culpabilidade do presidente em não ter tomado as providências necessárias para proibir essa compra que seria uma sangria para os cofres públicos. Cabe a Câmara dos Deputados admitir ou não a possibilidade de impeachment. Eu acho que por muito menos do que isso o ex-presidente Collor renunciou e a presidente Dilma foi cassada. Na Câmara tem vários pedidos que sequer foram apreciados. Cabe a Câmara dar admissibilidade a denúncia ou não”, finalizou.

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Inscrições para a 1ª etapa do Revalida começam nesta segunda-feira

As inscrições para a primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior ...