Home > Bahia > ‘Nunca pensei que o Brasil tivesse tanta vaga para charlatão’, diz Otto a Ernesto Araújo

‘Nunca pensei que o Brasil tivesse tanta vaga para charlatão’, diz Otto a Ernesto Araújo

O senador Otto Alencar (PSD) rebateu as declarações do ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante seus questionamentos na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 nesta terça-feira (18). Segundo o senador, Araújo dava declarações públicas contra a China e a Covid-19 para “agradar” o presidente Jair Bolsonaro. Otto também comentou sobre os médicos que receitam a cloroquina como forma de tratamento precoce contra a doença.

“Todas as declarações foram quando o senhor estava no governo para agradar ao presidente. Portanto, é preciso corrigir essa falta de verdade, e falta com a ciência na sua integralidade. Médico que sou, nunca pensei que o meu país tivesse tanta vaga para charlatão medicando remédios sem eficácia nenhuma para a doença, como a cloroquina, que tem levado a população a riscos muito graves, inclusive complicações que tem levado os pacientes ao óbito”, disse.

Ao ser o questionado sobre se concordava com as declarações de Bolsonaro sobre as vacinas contra a Covid, inclusive de quem tomasse poderia virar um jacaré, Ernesto desconversou e não respondeu a pergunta do senador e Otto rebateu.

“Vossa excelência fez declarações na CPI como um defensor da vacina, e não consegue dizer se concorda ou discorda das declarações do presidente? O que se exige de um chanceler é a verdade”, disse o senador.

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Inscrições para a 1ª etapa do Revalida começam nesta segunda-feira

As inscrições para a primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior ...