Home > DESTAQUES > Ministério da Saúde descarta pedido por restrição única porque Bolsonaro não deixa

Ministério da Saúde descarta pedido por restrição única porque Bolsonaro não deixa

 Com o agravamento da pandemia em diversas cidades do Brasil, governadores e secretários de saúde têm pedido ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que adote uma medida única para o país. Mas ele se nega a acatar o pedido.

 

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, representantes da pasta até admitiram a necessidade de uma ação unificada em conversas privadas, porém, auxiliares do ministro disseram que isso seria impossível porque o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não deixa. Desde o início da pandemia, o chefe do Executivo nacional se posiciona de forma contrária às restrições de circulação e fechamentos de atividades econômicas para conter a transmissão do vírus.

Sobre admin

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Inscrições para a 1ª etapa do Revalida começam nesta segunda-feira

As inscrições para a primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior ...