Home > Bahia > Fecomércio-BA sugere ao Governo Federal medidas emergenciais para micro e pequenas empresas

Fecomércio-BA sugere ao Governo Federal medidas emergenciais para micro e pequenas empresas

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) levou ao Conselho Estadual do Sebrae, neste mês de março, uma série de sugestões de medidas essenciais para salvar as micro e pequenas empresas (MPE).

Os pleitos serão entregues ao Governo Federal. A ação é realizada em um contexto de agravamento da pandemia do novo coronavírus e de endurecimento das medidas de circulação de indivíduos em estados e municípios – entre elas a suspensão de serviço considerado não essencial.

De acordo com a instituição, entre as propostas elencadas estão a suspensão do pagamento das parcelas do Simples Nacional de março, abril e maio – dividindo esses valores em mais quatro parcelas, sem incidência de juros e mora e a aprovação urgente do PL 2735/2020, que trata do REFIS.

A Federação também sugere a suspensão do desenquadramento das empresas do regime SIMPLES, a não incidência de multa por descumprimento de obrigações acessórias, além do prazo para seu cumprimento, nas esferas federal, estadual e municipal.

A relação de medidas pleiteadas ainda incluem a suspensão de prazos administrativos processuais, o diferimento de pagamento de impostos incidentes sobre a folha de pagamento, a dispensa do pagamento do ICMS DIFAL e a flexibilização para obter garantia em empréstimos bancários.

“Em nossa carta sugerimos, ainda,  juros subsidiados para empréstimos ao segmento e a desobrigação das MPEs e dos MEIs de cumprirem a LGPD, tal qual ocorre nos países da Europa. A urgência na aprovação das reformas administrativa e tributária também é fator fundamental para salvarmos empregos e empresas em nosso País”, declara Carlos Andrade, presidente da Fecomércio-BA e do CDE Sebrae Bahia.

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Defensorias questionam à Prefeitura exigência de documentos para vacinação infantil

A Defensoria Pública da União e a Defensoria Pública do Estado solicitaram da Prefeitura de Salvador e da Secretaria Municipal ...