Home > DESTAQUES > Fase Amarela começa hoje em Salvador; veja o que muda e quem pode abrir as portas

Fase Amarela começa hoje em Salvador; veja o que muda e quem pode abrir as portas

A partir desta quinta-feira (13), Salvador entra na chamada fase amarela de retomada das atividades econômicas. Na prática, os setores que já estavam abertos, mas funcionavam apenas por cinco dias consecutivos, receberam autorização para operar os sete dias da semana, nos mesmos horários. Além disso, cinemas, clubes, centros e espaços de convenções foram reabertos seguindo regras específicas de funcionamento.

Para evitar a aglomeração nos ônibus, a prefeitura manteve os horários escalonados na fase amarela. Shoppings, por exemplo, só podem operar das 10h às 21h, bares e restaurantes das 11h às 21h30, e o comércio de rua das 10h às 18h. Para o presidente do Sindicato dos Lojistas (Sindilojas), Paulo Motta, a reabertura das lojas de rua sete dias por semana torna o cenário de recuperação mais otimista.

“O faturamento do Dia das Mães foi 10% menor que em 2019. Não é possível comparar com 2020 porque no ano passado estava tudo fechado nessa data. Estamos confiantes de que a situação vai melhorar. Se a ocupação dos leitos for mantida em 75%, e a tendência é de que comece a regredir, as chances de caminharmos para a normalidade são muito grandes”, afirmou. Segundo o sindicato, existem 12 mil lojas em Salvador.

Fase Amarela

A manutenção da ocupação dos leitos de UTI em 75% nos últimos dias foi uma das justificativas apresentadas pelo prefeito Bruno Reis para autorizar a ampliação no funcionamento dos setores e a reabertura de outras atividades.

Além disso, foi observada queda por 15 dias consecutivos na média móvel de novos casos de covid-19, redução por seis dias seguidos na média móvel de casos ativos, e a quantidade de pessoas vacinadas na capital com a primeira dose superou os 600 mil, o que representa 30% do público alvo (pessoas acima de 18 anos), ou 20% da população.

Na fase amarela não existe mais restrição de dias, apenas de horários, e o toque de recolher é às 23h – mas na Bahia ele ainda está restrito às 21h, por isso, a prefeitura informou que a fase foi ativada parcialmente. A última etapa antes da liberação total é a verde, momento em que os horários ainda são escalonados, mas não existe mais toque de recolher. Não há previsão de quando ela será ativada.

Cinemas, clubes e centros

A titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes, contou que a decisão de autorizar a retomada de cinemas, clubes sociais, recreativos e esportivos, além de centros e espaços de convenções, foi tomada com base no cenário da pandemia.

“Cada um desses segmentos tem protocolos específicos, ainda com diversas restrições no funcionamento, mas já estão autorizados a reabrir. Além disso, a gente observa algumas proibições do decreto estadual e as atividades que a gente não autoriza nesse momento têm uma relação direta com a restrição do decreto, como é o caso dos teatros, museus e circos. A situação ainda é de muito cuidado”, contou.

No caso dos cinemas, a capacidade máxima das salas deve ser limitada a 50 pessoas, o uso de máscara é obrigatório durante o filme, e é preciso distanciamento de duas poltronas vazias entre cada cadeira ocupada. A compra dos ingressos dever ser feita de forma virtual e é permitido adquirir até duas poltronas vizinhas na mesma compra.

“A venda física de ingressos poderá ser realizada, desde que sejam colocados dispensadores de álcool 70% ao lado de cada bilheteria e haja separação por barreiras físicas entre os clientes e trabalhadores dos cinemas, que deverão estar usando máscaras e face shield”, diz o decreto.

Já os clubes sociais, recreativos e esportivos terão que limitar a capacidade a 30% ou uma pessoa para cada 9m². O uso de máscara e a aferição da temperatura de funcionários e clientes são obrigatórios. A prática de esportes de alto rendimento está permitida, desde que sejam obedecidas as medidas de distanciamento mínimo de 1,5m entre todas as pessoas envolvidas, quando usando máscaras, e de 2m quando não estiverem usando máscaras, sendo essa última situação exclusiva para atividades aquáticas.

Para os centros e espaços de convenções, a capacidade máxima de ocupação será de uma pessoa a cada 6m² de área total do empreendimento e, dentro das salas e salões de eventos e exposições, o limite máximo é de 50 pessoas simultâneas, sempre respeitando o distanciamento mínimo de 1,5m entre os presentes. Estão autorizados apenas os de caráter científicos e profissionais.

Confira os horários de funcionamento de cada setor:

Comércio de Rua – das 10h às 18h;
Shoppings centers, centros comerciais e semelhantes – 10h às 21h;
Restaurantes, bares, pizzaria, temakeria e similares – 11h às 21h30;
Lanchonetes – 7h às 15h;
Clubes sociais, recreativos e esportivos – 6h às 22h;
Cinemas – 10h às 22h (por conta do toque de recolher será 21h);
Centros e espaços de convenções – Livre
Construção civil – 7h às 17h;
Barbearias, salões de beleza e similares – 10h às 20h;
Escritórios de advocacia e administrativos – 10h às 19h;
Clínicas de estética – 7h às 20h;
Autoescolas – 10h às 20h;

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Defensorias questionam à Prefeitura exigência de documentos para vacinação infantil

A Defensoria Pública da União e a Defensoria Pública do Estado solicitaram da Prefeitura de Salvador e da Secretaria Municipal ...