Home > Bahia > Consórcio produz novo dossiê para reverter veto da importação da Sputnik V, diz Rui

Consórcio produz novo dossiê para reverter veto da importação da Sputnik V, diz Rui

O Consórcio Nordeste, que reúne 9 Estados brasileiros, está preparando um novo documento para tentar reverter o veto da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) à importação emergencial da Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, em parceria com o RDIF (Fundo Russo de Investimento Direto). A coalizão de governos tem direito a 37 milhões de doses, quase 10 milhões delas ficarão com a Bahia.

O consórcio já havia remetido no último dia 29 de março à Anvisa um documento contendo 55 páginas com novas informações que ajudam a comprovar a “eficácia, qualidade e segurança da vacina”.

Durante entrevista à CNN Brasil na manhã desta terça-feira (4), o governador Rui Costa (PT), diz não compreender os motivos que levaram a reguladora a negar a importação. O petista afirmou que o processo foi motivado por uma “má vontade” do órgão, mas que, contudo, não “queria ser leviano” ao ponto de acusar o corpo técnico de “jogo político”.

“Estamos preparando relatórios de cientistas renomados brasileiros que sempre deram apoio ao Nordeste, com base em documentos que foram colocados à disposição da Anvisa, são muitos, mais de 20 mil páginas (…) Não quero ser leviano e fazer juízo de valor, mas, até hoje, sem querer ser chato, mas persistente, espero a explicação da Anvisa sobre o porquê entrar na Justiça para suspender a realização dos testes da Covid-19. O órgão, pelo renomado nome que tem, precisa dar uma explicação para o povo brasileiro e baiano. Talvez esteja acontecendo a mesma motivação, estou falando de uma ação judicial, não de achismo, a agência impediu os estados argumentando ser atribuição sua”, disse Rui.

Em março do ano passado, após a identificação dos primeiros casos do vírus no mundo, o governo da Bahia instalou barreiras sanitárias nos aeroportos do estado, mas foi impedida de continuar a realização de testes de Covid-19 em passageiros assim que a reguladora conseguiu na Justiça a competência para atuar e fiscalizar as áreas restritas dos desembarques. A medida foi bastante criticada pelo gestor baiano.

Sobre 71 Notícias

O 71 Notícias é um site contemporâneo, que traz para você os bastidores das notícias baianas e permite uma visão ampla sobre o cotidiano da Bahia e do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Prefeitura vai abrir cadastro de segunda dose para quem se vacinou em outros municípios

Nesta sexta-feira (15), em entrevista à Rádio Metropole, o secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, anunciou que Salvador vai ...